24 de fev de 2011

Zé de Sula dos Oito Baixos



Este video, postado no Youtube por Marsou 56, é interessante. Primeiramente, por revelar um sanfoneiro do qual ainda não tinhamos referências, Zé De Sula dos Oito Baixos. A cada dia que passa, descobrimos um novo tocador de fole "intocado" por estes sertões. Em segundo lugar, pelo trabalho de acompanhamento realizado por este sanfoneiro.E em terceiro lugar, pelo texto acrescido ao video, no qual o próprio Zé de Sula conta um pouco sua própria história, que abaixo transcrevo:

Zé de Sula dos Oito Baixos. Começou sua paixão pela música em 1967. Começou tocando em festas no interior, nas roças, nas fazendas.
"Fui me aperfeiçoando cada vez mais. Depois pedi para meu comprar uma sanfona de oito baixos para mim. Ai eu comecei a tocar em várias festas. Comecei minha carreira junto com Edgar Mão Branca. Devido a meu pai se chamar Sula, meu nome ficou Zé de Sula dos Oito Baixos, sanfoneiro. E eu continuo na luta até hoje, tocando, aperfeiçoando cada vez mais. Tocando em Itapetinga, Vitória da Conquista, aqui em Itambé e por ai vai. Itambé é um lugar muito bom de viver, de morar. Não tem um meio de vida elevado de empregos, mas é um lugar bom para morar. Aqui eu participo das atividades culturais organizando o encontro de sanfoneiros que tem aqui, participo dessa associação de sanfoneiros e participo dos eventos também. Faço shows. Eu nasci aqui e gosto daqui. Tem o ar puro, a natureza. Gosto da cidade. Aqui falta o livre arbítrio para participar mais. Gostaria de criar uma escola de música para as crianças. Sanfona, triângulo, zabumba para mais tarde eles darem continuidade as festividades e da cultura de nossa cidade". (Zé de Sula dos Oito Baixos -- Sanfoneiro -- 58 anos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário