28 de mar de 2012

Téo dos oito baixos


Ainda não conheço pessoalmente a maior parte dos sanfoneiros residentes em São Paulo. Porém, graças aos esforços de Everaldo Santana em realizar postagens com performances destes instrumentistas, tem sido possível conhecer o expressivo contingente de sanfoneiros de oito baixos provindos do Nordeste que residem em São Paulo. A música que é praticada por estes músicos andou praticamente subterrânea desde a mudança ocorrida na cena dos forrós na virada da década de 1990, em que a música instrumental perdeu a importância substancial que representava outrora. 
Recentemente, estes sanfoneiros começaram a se reunir novamente, sobretudo com os esforços de Lene dos oito baixos, que possui uma casa de shows, algo que, indubitávelmente, favoreçe o encontro e a divulgação do trabalho destes sanfoneiros. Tico dos oito baixos, sanfoneiro e taxista, têm registrado apresentações de sanfoneiros em São Paulo desde a década de 1980. Parte destas filmagens tem sido digitalizada por Everaldo e gentilmente disponiblizada no youtube. Neste material precioso, é possível observar algumas imagens antológicas de um capítulo pouco registrado na história da música nordestina urbana, sobretudo aquela praticada no contexto dos cidadãos emigrados nas capitais do Rio de Janeiro e São Paulo.
Espero, em breve, visitar São Paulo, (apesar de ter sido criado no Rio de Janeiro, nasci em Santo André no seio de uma família de imigrantes italianos e espanhóis). Nesta viagem que anseio realizar em breve, espero conhecer um pouco desta intensa rede social formada por sanfoneiros e apreciadores da arte da sanfona nordestina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário