23 de abr de 2015

Mangabinha (1942 - 2015)

Semana de grandes perdas para o acordeon brasileiro. Hoje, quem se despede do plano terreno é Mangabinha. Ao lado de Voninho e Zé Cupido, foi um dos mais representativos intérpretes profissionais do estilo acordeonístico do Sudeste. Também teve um papel representativo como cancionista no cenário da música sertaneja, através de sua atuação ao lado do famoso trio Parada Dura. Seu contato com a música foi iniciado através da sanfona de oito baixos. seu estilo no acordeon de 120 baixos trazia muito da herança do "pé de bode"mineiro: as terças paralelas em estilo "duetado". os trinados na cadência final das frases, a construção diatônica das melodias, o uso dos acordes principais de tônica, subdominante e dominante, as linhas de baixo inspiradas nos bordões de sete cordas, enfim...os ritmos de calango, rancheira, rasqueado, polca...estava tudo ali. Descanse em paz, Mangabinha, eterna influência aos sanfoneiros deste Brasil. Obrigado pelo que nos deixou...Abaixo, o link de um disco com Mangabinha tocando sanfona de oito baixos, trabalho verdadeiramente raro que compartilhei neste blog há cerca de três anos atrás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário